Santa Rita na sua casa: práticas de devoção para a família toda

 

Entenda por que é importante rezar em família e saiba como retomar essa tradição, com o auxílio de Santa Rita de Cássia.

Sabe aquelas histórias contadas por nossos pais e avós, de que, todo dia, em um certo horário, a família se reunia na sala ou no terraço da casa para rezar o terço? Esse era um costume bem comum entre os casais católicos, mas que, com o tempo e a correria da vida moderna, acabou sendo deixado de lado. Porém, podemos resgatar essa tradição vivendo, em nossos lares, práticas de devoção à Santa Rita de Cássia. Saiba como.

Primeiro, precisamos lembrar que é na família, a primeira igreja, que os filhos aprendem a amar a Deus. Por isso, o Papa Francisco nos recorda que a oração é como uma semente, que, quando bem plantada, dá bons frutos no futuro.

“A oração, a pequena oração, semeia vida: por isso é tão importante ensinar as crianças a rezar. Dói encontrar crianças que não sabem fazer o sinal da cruz. […] É importante que as crianças aprendam a orar. Depois, talvez possam esquecer, seguir outro caminho; mas as primeiras preces aprendidas quando são crianças permanecem no coração, porque constituem uma semente de vida, a semente do diálogo com Deus.”

Assim, como primeiros educadores, os pais também têm a responsabilidade de explicar que, do mesmo modo que temos tempo para outras coisas, é preciso ter tempo para Deus. De modo geral, isso pode ser feito com orações ao acordar, na hora de dormir e antes das refeições, além do incentivo às obras de caridade, como doar roupas e brinquedos. 

Contudo, Jesus sempre nos convida a ir para águas mais profundas. Então, por que não inserir na rotina das crianças outras práticas de devoção, principalmente as voltadas para algum santo de devoção dos pais? Santa Rita de Cássia, nossa padroeira, deve ter um lugar especial em nossos corações e, portanto, nas nossas casas. 

 

Práticas de devoção à Santa Rita

 

Quantos guardam, até hoje, boas lembranças dos momentos de oração e partilha em família? Ou tem um carinho especial por aquele Santo de quem nossos pais falavam com tanto encanto? Momentos como esses, além de renderem belas memórias, fortalecem a união familiar, que é edificada pela graça de Deus.  

Mas, se você não tem muitas ideias do que pode fazer, não precisa se preocupar. Para te ajudar, preparamos uma lista com algumas dicas de práticas de devoção à Santa Rita para serem feitas com toda a família.

Ler a história da Santa para as crianças

Criar o hábito de ler histórias de Santos para as crianças é uma ótima maneira de mostrar como o amor de Deus se revela nas nossas vidas. Conhecendo a idade e a maturidade de cada um, você pode adaptar a narrativa, com uma linguagem mais simples, mas que transmita a verdade.

Por exemplo, de forma resumida, como explicar para as crianças quem foi Santa Rita de Cássia? Foi uma mulher que nasceu na Itália e tinha um grande amor por Nosso Senhor. Por isso, mesmo enfrentando várias dificuldades, sempre rezava e sabia que podia confiar no nosso Pai dos Céus. 

Rezar a novena à Santa uma vez por mês

Por mais que as crianças muitas vezes não entendam o que é uma novena ou achem repetitivo, vale a pena ir criando esse costume. Desse modo, aos poucos, elas compreenderão que podem ter uma amiga no Céu.

Visitar, em família, um Santuário de Santa Rita

Embora possa ser um pouco cansativo para os pais, já que sair com os pequenos requer muitos cuidados, conhecer um lugar novo quase sempre é interessante para as crianças. Então, fazer peregrinações a um Santuário de Santa Rita também é uma forma de plantar a semente da devoção nesses corações.

Por meio da observação das imagens, dos detalhes das construções e da participação na Santa Missa, os pais podem ensinar aos filhos um pouco mais sobre a vida da santa. À medida que eles forem crescendo, podem explicar por que ela é conhecida como a “Advogada das Causas Impossíveis” e dar mais detalhes sobre sua trajetória.

Ter sempre uma imagem da Santa em casa

No lar, as imagens nos ajudam a santificar nosso dia a dia. Quando estamos tristes ou desanimados, por exemplo, lançamos o olhar para aquela figura e lembramos de todas as maravilhas que Deus realiza na vida de seus filhos. 

Para as crianças, é ainda mais especial, porque, com isso, elas podem “conhecer” a Santa de quem tanto ouviram falar. Essa imagem pode fazer parte de um quadro ou estar em um oratório, por exemplo.

Indicadas pela Igreja, as práticas de devoção são um caminho seguro para chegar até Deus. No entanto, sabemos que, com crianças, muitas vezes, temos que seguir a passos mais lentos. 

Talvez, nem sempre elas tenham paciência para aquele momento de oração, queiram participar ou consigam se concentrar. Porém, cabe aos pais ser exemplo, agindo com piedade e perseverança em todos os momentos, porque elas tendem a imitá-los.

Com certeza, educar na fé não é uma tarefa fácil, mas é uma missão concedida por Deus ao casal e que, com o auxílio da graça Divina, pode ser bem vivida. 

Hoje, por mais desafiador que possa parecer começar alguma dessas práticas de devoção, você pode contar com a intercessão de Santa Rita de Cássia. Ela, que foi mãe e esposa, conhece os obstáculos para a santificação da família e, por isso, pode ser uma grande intercessora junto a Jesus.

Santa Rita de Cássia, rogai por nossas famílias!

Comentar

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *