Paróquia Santa Rita, um lugar de esperança, fé e do impossível

 

Toda a trajetória da Paróquia Santa Rita, assim como a vida da sua padroeira, emana fé e esperança.
É um lugar onde as pessoas alcançam o seu impossível, por meio da devoção a Santa Rita – essa que é uma das santas mais conhecidas e amadas na Igreja.

O sonho da construção da Paróquia Santa Rita começou em 1999. A população da Região dos Seis Conjuntos crescia exponencialmente e surgiu a necessidade da construção de uma nova capela no bairro.

Até que a igreja fosse erigida, as primeiras celebrações Eucarísticas foram realizadas nas dependências do Colégio José Guimarães, passando depois a serem celebradas no Centro de Valorização da Vida.

Se hoje a paróquia Santa Rita é um lugar de esperança, de fé e do impossível, é graças aos esforços de muitos que se dedicaram incansavelmente para que isso fosse possível.

Entre eles, destacamos o pároco Pe. Edivaldo Lopes de Farias, que junto com a comunidade e autoridades civis trabalharam para conseguir um terreno para a construção da paróquia.

A primeira bênção no terreno adquirido para a construção aconteceu em 2003. E em 2008 aconteceu a celebração de lançamento da pedra fundamental, presidida por Dom Vicente Costa, com a presença de autoridades e de um grande número de paroquianos. Deu-se, então, início às obras para a construção do nosso sonho!

Lugar de esperança, de fé e do impossível

Em 27 de novembro de 2010 a Capela foi consagrada pelas mãos do Reverendo Monsenhor José Dantas, na época administrador apostólico. 

A paróquia foi instituída em 25 de maio de 2014. A celebração foi presidida por Dom João Mamede Filho, contando ainda com padres da nossa Diocese, autoridades municipais, toda a comunidade além do futuro pároco, Pe. Ivanil Pereira da Silva.

Toda a trajetória da Paróquia Santa Rita, assim como a vida da sua padroeira, emana fé e esperança.

É um lugar onde as pessoas alcançam o seu impossível, por meio da devoção a Santa Rita – essa que é uma das santas mais conhecidas e amadas na Igreja.

O sonho da construção da Paróquia Santa Rita começou em 1999. A população da Região dos Seis Conjuntos crescia exponencialmente e surgiu a necessidade da construção de uma nova capela no bairro.

Até que a igreja fosse erigida, as primeiras celebrações Eucarísticas foram realizadas nas dependências do Colégio José Guimarães, passando depois a serem celebradas no Centro de Valorização da Vida.

Se hoje a paróquia Santa Rita é um lugar de esperança, de fé e do impossível, é graças aos esforços de muitos que se dedicaram incansavelmente para que isso fosse possível.

Entre eles, destacamos o pároco Pe. Edivaldo Lopes de Farias, que junto com a comunidade e autoridades civis trabalharam para conseguir um terreno para a construção da paróquia.

A primeira bênção no terreno adquirido para a construção aconteceu em 2003. E em 2008 aconteceu a celebração de lançamento da pedra fundamental, presidida por Dom Vicente Costa, com a presença de autoridades e de um grande número de paroquianos. Deu-se, então, início às obras para a construção do nosso sonho!

Em 27 de novembro de 2010 a Capela foi consagrada pelas mãos do Reverendo Monsenhor José Dantas, na época administrador apostólico. 

A paróquia foi instituída em 25 de maio de 2014. A celebração foi presidida por Dom João Mamede Filho, contando ainda com padres da nossa Diocese, autoridades municipais, toda a comunidade além do futuro pároco, Pe. Ivanil Pereira da Silva.

A Devoção à Santa Rita

Foi no dia 29 de julho de 2010 que a comunidade celebrou o primeiro tríduo em louvor a Santa Rita de Cássia.

Nestes dias, a comunidade teve oportunidade de agradecer a Santa Rita por sua intercessão e pelas bênçãos que Deus constantemente derramava sobre nós.

Ao longo dos anos, nossa comunidade fortaleceu ainda mais seus laços com a sua padroeira, Santa Rita, pedindo sempre a sua intercessão para as nossas comunidades.

A graça de Deus continua acontecendo. E o trabalho de evangelização se fortalece ano após ano.

Todos os dias 22 de cada mês a Paróquia Santa Rita celebra duas missas em louvor à sua padroeira. Muitos fiéis participam fazendo seus pedidos, com a certeza de que Santa Rita os ajudará intercedendo junto a Jesus.

Nestas celebrações de tanta fé e devoção acontecem a bênção das Rosas e dos Pães de Mel de Santa Rita que os fiéis costumam levar para oferecer a alguém que também necessita da ajuda da nossa padroeira.

 

Experiências de fé e devoção

A paroquiana Ana Lúcia partilha conosco sua experiência de fé e devoção na paróquia Santa Rita. Acompanhe o relato das graças que ela alcançou em sua vida com a ajuda de Santa Rita:

“Após muito meditar e pensar, decidi junto a minha família dar o nosso testemunho de algumas graças alcançadas pela intercessão de Santa Rita de Cássia.”

Nossa história com Santa Rita começa no ano de 2008 quando, infelizmente, furtaram nosso carro no estacionamento do meu trabalho. Era o único bem de valor material que tínhamos. Quando demos por falta, entramos em desespero. Uma pessoa, vendo nosso pânico, nos apresentou uma santa conhecida como “padroeira dos impossíveis”, Santa Rita de Cássia. Nesse momento começamos, meu marido e eu, a rezar pedindo a ela para que nosso carro fosse recuperado ou que ao menos pudéssemos comprar outro. E o milagre aconteceu! Deus, por meio de Sta Rita, nos concedeu a graça de comprar um carro mais novo do que o perdido naquele roubo.

Tempos depois, meu esposo, Devair, sofreu um gravíssimo acidente de moto na rodovia. Devido a um mal súbito, ele perdeu o controle da motocicleta e invadiu a mata que beira a pista. Com a queda  trincou duas vértebras. Caído em meio a vegetação, ele só se lembrava de Santa Rita de Cássia, e durante o período que permaneceu caído clamava por sua intercessão. Com muita dificuldade ele conseguiu sentar-se, pegar o celular e ligar para o socorro. Ficou internado em estado grave e permaneceu 7 dias na UTI devido a uma embolia pulmonar. 

As graças são muitas, como os obstáculos, mas nunca se esqueçam: Santa Rita é a Santa dos impossíveis!

Na época, eu, Ana, era registrada com um salário mínimo, e qualquer demora em exames e consultas poderia custar a vida dele. Foi um período difícil, paguei todos os procedimentos, e achando que poderia faltar algo para minhas filhas em casa, pedi mais uma vez a ajuda de Santa Rita. E ela me atendeu! Amigos e familiares ajudaram em tudo, pagaram nossas contas e colaboraram com nossa alimentação. Logo que meu marido se recuperou fomos atrás de um emprego, pois ele era moto táxi e por recomendações médicas ele não poderia pilotar por no mínimo 9 meses. Então, sem esperar, mais uma graça aconteceu! Um amigo lhe deu um emprego, no qual ele permanece até hoje. 

Imersas nas inúmeras graças que alcançamos com a ajuda de Santa Rita, e sempre muito agradecida a tudo, continuei a pedir. Nós morávamos de aluguel e sonhávamos em ter uma casa, nosso lar. Mas, na minha fragilidade humana, quando ouvíamos as pessoas testemunhando seus milagres, nós ainda questionávamos: Será que Santa Rita se esqueceu de nós? Pois, não entendíamos que cada coisa tem seu tempo. Seguimos perseverantes na oração, clamamos por coragem, e como em um sonho em novembro de 2019 demos início às obras e recentemente, julho, nos mudamos para nosso tão sonhado cantinho, nossa casa, nosso lar!

As graças são muitas, como os obstáculos, mas nunca se esqueçam: Santa Rita é a Santa dos impossíveis! Permita que essa devoção acenda em vossos corações o espírito da coragem e da perseverança. 

Santa Rita de Cássia, rogai por nós!”.

Os desafios

A paróquia Santa Rita tem vivido tempos de muitas bênçãos, graças ao Bom Deus e à nossa padroeira.

São muitas as nossas atividades evangelizadoras que permitem que a devoção a Santa Rita alcance cada vez mais corações. No entanto, também são muitos os desafios.

No momento estamos somando forças para a realização de um novo sonho:  a construção do Centro Poli Cultural Catequético. Este espaço futuramente deve oferecer diversas atividades para as nossas crianças, adolescentes, jovens e adultos.

 Nos ajude a realizar esse sonho! Faça sua contribuição!

Comentar

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *